FRANQUIAS – OPORTUNIDADES E DESAFIOS

Postado 23 de Junho de 2017

* Por Marcos Fábio Gomes Ferreira

FRANQUIAS – OPORTUNIDADES E DESAFIOS

Que tipo de negócio posso montar? Qual o melhor negócio atualmente? Em que ramo posso investir e que eu gaste pouco dinheiro, necessite de poucos empregados e que dê um bom retorno?

Pode parecer engraçado, mas perguntas como estas fazem parte de nosso dia a dia e são feitas por pessoas interessadas em abrir o próprio negócio ou em diversificar seu ramo de atuação. Essas dúvidas são um retrato fiel da necessidade de segurança que temos, principalmente, quando vamos investir nossas suadas economias em um determinado negócio. O problema, porém, não são as perguntas e sim, as respostas.

A dificuldade em responder a perguntas tão profundas e o medo de apostar o capital em uma “barca furada” vem fazendo com que as franquias ganhem terreno. Com vantagens aparentes, as franquias preenchem as necessidades de sucesso dos empreendedores, aliada à segurança de uma assessoria permanente na condução do negócio.

A elevada perspectiva de sucesso de um negócio que já foi experimentado em outros locais aliada a uma marca consagrada no mercado e à propaganda, publicidade e promoções freqüentes e customizadas estão entre as vantagens de ser dono de uma franquia.

Por outro lado, apesar do sistema de franquias oferecerem estudos sobre o mercado, torna-se indispensável que você realize o seu próprio estudo, pois erros de dimensionamento de mercado podem trazer sérias conseqüências para o seu bolso.

O empreendedor deve também ter em mente como funciona a operação de uma rede de franquias, pois, ao mesmo tempo em que a pessoa vai ter o próprio negócio, o que para muitos é a realização de um sonho, deverá também cumprir regras severas, o que pode soar como voltar a ter um patrão. O empreendedor, na realidade, vive uma situação diferente dentro de um sistema de franquias: não é propriamente um funcionário e nem é verdadeiramente um dono.

Aliás, é justamente neste ponto que mora “o pulo do gato” para o franqueador. O dono de uma franquia é o melhor funcionário que alguém poderia querer: o funcionário-dono. Este, ao mesmo tempo que segue regras e normas, precisa zelar para o sucesso do negócio pois está arriscando junto, mas sem ser sócio. Se sua franquia for mal, quem quebra é você e não a franqueadora.

Por isso, outro fator importante é a gestão do negócio. A afinidade deve ser maior com a operação do negócio do que propriamente com o produto envolvido. Gostar de roupas, por exemplo, não significa que você poderá abrir e gerenciar uma confecção.

Como em negócios não existem receitas de bolo, o melhor a fazer, seja na franquia ou num negócio avulso, é se cercar de todas as informações possíveis. Mas em especial para as franquias, aqui vão algumas informações que merecem atenção: Busque informações do setor no qual pretende entrar; Busque orientação de um consultor ou advogado especializado em Franquia; Certifique-se de que os números informados pela franqueadora correspondem à realidade do negócio na cidade onde ele será instalado. Uma franquia de sucesso numa cidade pode não ser em outra; Conheça o real funcionamento do sistema da franquia (regras, prazos, condições de pagamento, multas, etc); Investigue o quanto você terá de remuneração e se esse valor é suficiente. Isso evitará que você queira retirar do negócio mais do que ele poderá lhe pagar;

Exatamente hoje, 23/06/2017, estamos aqui em São Paulo na Feira de Franquias da ABF (Associação Brasileira de Franchising) para aprimorar mais ainda o nosso conhecimento sobre o tema. Todas as novidades desse setor você poderá desfrutar em um seminário que faremos no dia 01/08/2017 às 19h na FIEMG Regional Centro-Oeste em Divinópolis. Se ficou interessado, faça contato na Formatar Consultoria Empresarial e venha participar conosco.

Bom fim de semana a todos!

Compartilhe

© 2020 Professor Marcos Fábio | Todos os direitos reservados

Professor Marcos Fábio:
(37) 9.9114-0006

Ana Luíza:
(37) 9.9922-6006

(37) 9.9114-0006