AÇÃO & REAÇÃO

Já notaram o quanto esperamos os outros agirem primeiro para depois retribuirmos? Se não notaram, façam uma experiência durante 02 dias:

No primeiro, ande pela rua de manhã e não cumprimente ninguém. Com certeza, você vai receber pouquíssimos cumprimentos.

No segundo dia, comece a dar “Bom Dia!” para todos que cruzam o seu caminho. Vocês verão quantos votos de bom dia chegarão de volta (seguramente, quase a mesma quantidade de vezes que você cumprimentou).

Isso não ocorre somente com um simples bom dia. Quantas ligações você recebe no dia do seu aniversário? Faça um balanço e verás que a quantidade de ligações recebidas, será bem próxima ao número de ligações que você fez para outras pessoas no dia do aniversário delas.

A pergunta é: por que somos assim? Se alguém nos recebe sorrindo, retribuímos o sorriso; se alguém nos faz um favor, sentimo-nos obrigados a retribuir; se alguém nos recebe com cara feia, fechamos a cara.

Querem saber a explicação? Ação e Reação! Ou, se preferirem, podemos chamar de a 3ª lei de Newton. A terceira lei de Newton, ou Princípio da Ação e Reação, diz que, se um corpo “A” exerce uma força em um corpo “B”, o corpo “B” simultaneamente exerce uma força de mesma magnitude no corpo “A”, ambas as forças possuindo a mesma intensidade, contudo em sentidos contrários.

Sabem por que estou abordando esse assunto? Pelo simples fato de que muitas pessoas só se mexem depois que alguém fez alguma boa coisa para elas.

Ridículo! Essa é a minha opinião sobre esse comportamento! Quantas vezes entramos numa loja onde o vendedor está há horas de pé, cansado e doido para ir para casa e, de repente, chegamos nós (com aquela cara de arrogante, se sentindo o rei) esperando que ele venha beijar nossos pés, quando, na realidade, a melhor forma de sermos bem tratados, seria, primeiramente, começando a tratar os outros bem, independentemente da posição dessa pessoa.
O filme “A corrente do Bem” (dirigido por Mimi Leder em 2000) mostra a curiosa história de um professor de Estudos Sociais, que faz um desafio aos seus alunos: que eles criem algo que possa mudar o mundo. Um de seus alunos, incentivado pelo desafio do professor, cria um jogo, chamado “pague passando à frente” (pay it forward), em que, cada favor que a pessoa recebe ela deve retribuir esse favor a três outras pessoas. Surpreendentemente, a ideia funciona, criando uma incrível corrente do bem.

Já imaginaram esse jogo entre nós? Para cada bom dia recebido, para cada gentileza feita, outras 03 seriam realizadas... Como já disse o poeta: “vem vamos embora que esperar não é saber... Quem sabe, faz a hora e não espera acontecer!”

Assim, antes de reclamar da forma como você tem sido atendido ou tratado por alguém (ou pela vida), reflita sobre como você agiu primeiro. Talvez o tratamento dado a você tenha sido apenas uma reação à sua ação e a falta dela.
Bom fim de semana a todos e lembre-se, se você perdeu alguns de meus textos, acesse www.professormarcosfabio.com.br e vá na aba “coluna”. Lá você encontrará tudo que escrevo. Agora, se quiser falar comigo, fazer algum comentário ou mesmo sugerir um tema, faça como Sérgio Pereira, nosso leitor assíduo, e me mande um e-mail para contato@professormarcosfabio.com.br.

Boa leitura e bom fim de semana a todos

 

Compartilhe

© 2020 Professor Marcos Fábio | Todos os direitos reservados

Professor Marcos Fábio:
(37) 9.9114-0006

Ana Luíza:
(37) 9.9922-6006

(37) 9.9114-0006